Tribunal de Contas do Estado classifica gestão em Votuporanga como "muito efetiva"

Município conquistou nota A em Saúde e está entre os melhores do Estado, de acordo com levantamento que avalia políticas públicas

 
A gestão votuporanguense alcançou, mais uma vez, uma posição de destaque entre os municípios paulistas. É o que mostram os dados do Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEG-M), referentes ao ano de 2016, divulgados em outubro deste ano pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP).

De acordo com o levantamento, Votuporanga é, pelo terceiro ano consecutivo, uma das poucas cidades a alcançar uma média geral na faixa de resultado B+, considerada pelo TCE-SP como “muito efetiva”. 

O índice mede a eficiência e a eficácia das políticas públicas adotadas pelas gestões municipais no atendimento das necessidades da população, nas áreas de educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, proteção dos cidadãos e governança da tecnologia da informação. Os dados são apurados com base em informações prestadas pelos 644 municípios paulistas, com exceção da capital.

A pesquisa do TCE-SP classifica as cidades em cinco faixas de resultado: A (altamente efetiva), B+ (muito efetiva), B (efetiva), C+ (em fase de adequação) e C (baixo nível de adequação). Em 2016, nenhum município paulista obteve o índice A e apenas outros 72, além de Votuporanga, atingiram o conceito B+. Já a média estadual e regional foi B.

Votuporanga

Em Votuporanga, a área temática de maior destaque em 2016 foi a da saúde, que conquistou o conceito A (altamente efetivo), também pelo terceiro ano consecutivo. 

Foi registrada ainda uma evolução no setor de governança da tecnologia da informação. A área, que, em 2015, foi avaliada pelo TCE-SP com o índice B (efetivo), atingiu, em 2016, a faixa de resultado B+ (muito efetivo), graças, entre outros fatores, ao preenchimento positivo de todos os quesitos relacionados a assuntos como transparência e capacitação e atualização de pessoal.

O município foi novamente destaque nos setores de gestão fiscal, meio ambiente e proteção aos cidadãos, que também alcançaram o conceito B+.

Fonte: http://www.votuporanga.sp.gov.br

Informações

Autor: Web Rádios

Data: 21/11/2017 14:24

Acessos: 13 Acessos