Sem-terras devem desocupar aréa até domingo

05/09/2013
Líderes e membros do movimento sem terra, que ocupam a estrada rural entre os municípios de Cosmorama e Sebastianópolis do Sul, estiveram reunidos na tarde de ontem no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania de Votuporanga a fim de resolverem um impasse entre prefeito de Cosmorama, Claudinei Monteiro Gil, e membros do MST.
 
A reunião envolvendo as duas partes durou mais duas horas e meia e terminou sem um acordo. “Nada foi resolvido, vamos retornar ao acampamento hoje e decidir o que será feito. Estamos aguardando uma liminar para derrubar a ordem de nossa retirada”, comentou o líder do movimento local, José Roberto Coutinho, o Lula, 52 anos, antes de deixar o local.
 
O pedido de desocupação foi movido pela Prefeitura de Cosmorama, em face à ocupação da estrada. Por se tratar de área pública, não pode ser ocupada. A Polícia Militar esteve presente para prestar apoio e manter a ordem, nenhum incidente foi registrado.
 
Ordem judicial
No último dia 29, oficiais de Justiça e a Polícia Militar estiveram com uma oficial de Justiça no local para cumprir a medida. De barraco em barraco, uma notificação foi entregue informando que o Juiz da Primeira Vara de Tanabi concedeu liminar de reintegração de posse, em favor do município de Cosmorama.
 
Ficou acordado que os sem-terra terão até domingo, 8/9, para desocupar a área. O advogado Marcus Antônio Gianezi, que defende os integrantes do movimento disse que tenta uma liminar para prorrogar o prazo da retirada.
 
“Ontem (terça-feira) protocolei uma liminar para prorrogação do prazo, afim de evitar um conflito e assim vermos qual a melhor solução para os assentados”
De acordo com a notificação, todos os ocupantes deverão deixar o local e retirarem os pertences de forma voluntaria. Caso a ordem não seja obedecida, haverá intervenção da Polícia Militar.
 
Sobre o encontro de ontem, no Centro Judiciário, Gianezi explicou que o grupo sentiu que, com a ordem de retirada gerou danos de ordem moral. “Eles entenderam que tiveram o direito violado e gerou danos de ordem moral. Então foi solicitado indenizações, mas o prefeito não esboçou qualquer tipo de reação”.
 
Acampamento
Criado em maio com 600 pessoas, o acampamento já é o maior do Estado, segundo o Incra.  São 3 mil acampados, segundo os líderes, espalhados em barracas de lona ao longo de 20 quilômetros da estrada de terra que liga Cosmorama a Sebastianópolis do Sul.
 
 
Fonte:  Alex Pelicer ( Jornal A Cidade)


Parceiros

Noticias

4_1.jpg
Pedreiros caem de telhado
Dois pedreiros caíram de um telhado, ontem (20/11) , no bairro Palmeiras I de Votuporanga. Um deles está em estado grave e foi transferido para um hospital referência em neurologia. O outro passou por atendimento na Santa ...
3_2.jpg
Em Votuporanga,compensa abastecer carro com etanol
A gasolina já está mais cara nos postos de combustíveis de Votuporanga e região desde a semana passada, mas isso significa que o etanol ficou mais vantajoso? Segundo a União da Indústria da Cana de A&ccedi...
2_2.jpg
ALEGRIA NAS PERNAS
Ele não queria saber de jogar em time grande, fazer gol, dar passe certo ou de fazer marcação cerrada. Queria mesmo mostrar suas manobras habilidosas com a bola, seja copiando ou criando novos movimentos. E foi ...
1_3.jpg
O GOLAÇO DE RENAN
A decisão do estudante rio-pretense Renan Henrique Codogno, 18 anos, de participar do (Exame Nacional do Ensino Médio) em Rio Preto transformou-o em celebridade instantânea nas redes sociais e conquistou até Romár...
4.jpg
Carroceria de bitrem tomba na Euclides
A carroceria de um caminhão bitrem, carregado de açúcar e fertilizante, tombou na tarde de anteontem, na rodovia Euclides da Cunha (SP 320), que liga Fernandópolis a Meridiano. De acordo com a Polícia Rodovi&...
3_1.jpg
Praça será inaugurada
O prefeito de Votuporanga Junior Marão inaugura hoje, às 18h, as obras da praça ‘Maria de Jesus Gimenez Hernandez’, no bairro Residencial do Lago.O evento contará com a presença de autoridades loc...
Mais Noticias

Ouça Entrevistas

Mais